Claúdio Di Mauro

11:40 - 21 de Abril de 2014

Cobrança pelo uso das águas no São Francisco

Cobrança pelo uso das águas no Rio São Francisco vai garantir recursos para a revitalização da bacia hidrográfica. A expectativa é que sejam arrecadados cerca de R$ 20 milhões por ano.

 

Rio São Francisco.

O Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH) aprovou em 13 de abril de 2010, a cobrança pelo uso da água na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. A resolução que define os valores e mecanismo para essa cobrança foi votada durante a 28ª Reunião Extraordinária do CNRH.

Para o secretário de Recurso Hídricos e Ambiente Urbano do MMA, Silvano Silvério, a aprovação da resolução vai garantir recursos ao comitê da bacia do Rio São Francisco para fazer a gestão das águas e garantir a revitalização da bacia. Os valores são diferenciados para a captação, o consumo e o lançamento de carga orgânica na água. A expectativa é que sejam arrecadados cerca de R$ 20 milhões por ano. Todo recurso será aplicado na recuperação da bacia.

Entre as possíveis utilizações dos recursos arrecadados nesse tipo de cobrança estão os investimentos em despoluição, reuso, proteção e conservação, e também na utilização de tecnologias limpas e poupadoras dos recursos hídricos.

A cobrança pelo uso de recursos hídricos de domínio da União está prevista na Política Nacional de Recursos Hídricos, bem como no Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (Singreh), e já vem sendo implementada no Brasil desde 2006, quando foi aprovada para os rios da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul. No ano seguinte, foi a vez da cobrança pelo uso das águas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

Na próxima reunião do CNRH, será escolhida a empresa que será responsável pela execução da cobrança do uso da água da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Comitê de Bacia - No encontro, o CNRH também criou o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, que passa por Minas Gerais e São Paulo. Segundo Silvério, a criação do comitê vai permitir a melhoria da gestão das águas da bacia do rio Grande.

Ainda foram aprovadas as resoluções que criam as unidades de gestão de recursos hídricos de rios de domínio da união; transfere a gestão das bacias hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí à Fundação Agência das Bacias dos três rios; e estabelece diretrizes para a operação da rede nacional de monitoramento integrado das águas subterrâneas, avaliando a situação dessas áreas sob o ponto de vista qualitativo e quantitativo, como a avaliação do nível da água.

O CNRH também aprovou a recomendação de rejeição do projeto de lei da Câmara nº 315, de 2009, que reduz o percentual recebido pelos estados da destinação da compensação financeira pelo uso do recurso hídrico.               (http://www.mma.gov.br)

 

 

mbt shoes
juicy couture sunglasess

Recursos Hídricos

divisória

Criação de APA na Chapada do Bugre

Criação de APA na Chapada do Bugre (MG). Conheça o texto e envie sugestões.

divisória

Plano para a Bacia do Rio Paranaíba

Os documentos correspondem ao “RP-03 Diagnóstico da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba” - Contrato 012/ANA/2010 para a elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba.

divisória

ANA recebe contribuições para Interáguas

O Interáguas é voltado ao planejamento e gestão dos recursos hídricos e vai atuar para reforçar a institucionalidade do setor, gerar conhecimento e fomentar o planejamento.

divisória

Plano Nacional de Recursos Hídricos

O Plano Nacional de Recursos Hídricos (PNRH) será revisado, e as mudanças estão sendo discutidas nas 12 regiões hidrográficas do país.

divisória

Especialistas debatem legislação sobre água

Mais de 150 especialistas de vários países estarão reunidos até 27/maio, em Brasília, para debater questões legislativas das águas. O compartilhamento de águas fronteiriças é um dos assuntos tratados.

divisória

Cobrança pelo uso das águas no São Francisco

Cobrança pelo uso das águas no Rio São Francisco vai garantir recursos para a revitalização da bacia hidrográfica. A expectativa é que sejam arrecadados cerca de R$ 20 milhões por ano.

divisória

Manejo das Águas e Ordenamento Territorial

As experiências dos comitês de bacias hidrográficas contribuem significativamente para a qualidade de vida das populações, uma vez que em suas gestões os comitês buscam ações de sustentabilidade.

divisória

Histórico do Dia Mundial da Água

Todos os anos, o Dia Mundial da Água coloca em pauta uma discussão diferente. A data foi instituída pela ONU em 1992 e adotada pelo Brasil em 2003.

divisória

Concurso "Olhares sobre Água e Clima"

Concurso de foto e vídeo "Olhares sobre Água e Clima", realizado pela Agência Nacional de Águas e parceiros, está com inscrições até 31 de maio de 2010. Os vencedores serão conhecidos em 25 de julho.

divisória

Qualidade das águas no Brasil

A qualidade da água é requisito básico para seu adequado uso em diversas finalidades. Também na solução de conflitos entre os diversos usos da água são necessários sistemas de monitoramento.

divisória

Royalties da água: estados x municípios

Nova proposta de distribuição de royalties prevê 65% para os municípios e 25% para os estados.

Claudio Di Mauro 2010    ::    Todos os direitos reservados    ::    Política de Privacidade